..:: Notícias ::..

07/12/15

Ralph Solera vence a Copa dos Campeões e fatura a Palheta de Ouro 2015

 

A Arena Mendes foi palco, neste Domingo, da competição que tradicionalmente encerra a temporada na AUFM, a Copa dos Campeões, o último Grand Slam (circuito dos 5 principais torneios de Ubatuba) do ano.

O torneio, que teve o apoio da loja Virou Moda, da Ubatuba Extintores e do Madeireiro, contou com os 8 melhores botonistas do ano na categoria principal (bolinha/12 Toques). A ausência mais sentida foi de Alexandre Augusto, vencedor da Taça Ubatuba deste ano e que teria vaga garantida na Copa dos Campeões, mas por conta de compromissos com patrocinadores, não pôde comparecer e abriu uma vaga extra pelo ranking.


Léo, Solera e Fabinho no pódio final de 2015
 
A Copa dos Campeões, tradicionalmente, classifica os melhores de cada grupo diretamente para a final, o que transforma as últimas rodadas de cada chave em autênticas 'semi-finais'. O objetivo da formatação é o de colocar na finalíssima, frente a frente, os dois melhores do ano. Outra particularidade da competição é a formação dos grupos seguir a posição do ranking dos botonistas, com o Grupo "A" tendo o 1º, 4º, 5º e 8º enquanto o "B" fica com o 2º, 3º, 6º e 7º da listagem.
 


os 8 participantes da Copa dos Campeões 2015

O evento começou então com a 1ª Fase, e ela só se decidiu, de fato, na rodada derradeira. No Grupo "A", Ralph Solera e Flávio Bellard decidiram a liderança em um confronto direto, em que Solera tinha a vantagem do empate pelo critério dos gols pró, mas acabou vencendo (2x0) e se classificando pra final com a melhor campanha.

No Grupo "B", a última rodada tinha Léo Castro jogando pelo empate contra Augusto Ballio, que precisava vencer pra passar em primeiro, porém ao sair vitorioso (3x0), Léo garantiu-se na final, e o placar, combinado com a goleada (5x0) de Fabinho contra seu irmão Fabrício, tirou Augusto até da decisão do terceiro lugar.

 

Nas decisões finais não tivemos nenhuma prorrogação ou pênaltis (a Copa dos Campeões é o único torneio bolinha/12 Toques que prevê o desempate no mata-mata): Fabrício Machado venceu Beto Monteiro (3x1) e ficou em sétimo; Gabriel venceu o irmão Augusto (2x1) e terminou o torneio em quinto. Fabinho goleou (4x0) Flávio e subiu ao pódio na terceira posição; Ralph Solera bateu Léo Castro (3x1) e conquistou o título da Copa dos Campeões 2015.

O título coroou uma grande temporada de Ralph Solera, que venceu outros 3 Grand Slams no ano (Campeonato Metropolitano, Taça Caiçara e Campeonato Municipal), chegando assim a 16 títulos 'majors' na AUFM e voltando a ser o segundo maior vencedor de Slams com 16 títulos, contra 15 de André Rafael e 18 de Edson Sírio.

De quebra, Solera conquistou a Palheta de Ouro - maior honraria concedida pela AUFM - por ter sido o melhor botonista de 2015 na entidade. O ano foi tão bom que ele fez dobradinha e ficou com a Pastilha de Ouro também, como melhor botonista dos torneios temáticos ao longo da temporada. Flávio Bellard foi o melhor na subsede Arena Mendes, Fainho Mendes foi o melhor da Série Prata e Cristian Moura foi o melhor juvenil do ano.

 

Clique aqui para ver como foi a Copa dos Campeões 2015
Clique aqui para ver a galeria de campeões do torneio
Clique aqui para ver todos os torneios que a AUFM promove
Clique aqui para ver os rankings da AUFM

 
 
..:: parceiros ::..