..:: 2001 ::..

 
Palheta de Ouro:
 
Edu Macedo Jr
Palheta de Prata:
 
Ralph Solera
Palheta de Bronze:
 
Daniel Gusmão
Juvenil do Ano:
 
-
Top 10 do ranking:
 
Presidente:
 
Sílvio Fonseca
revelação do ano:
 
Daniel Gusmão
decepção do ano:
 
Bittencourt Jr
melhor evento:
 

Melhor do ano: Edu Macedo Jr
 

Destaques:
Adotadas as regras oficiais da Federação Paulista (Regra 12 Toques) e a bolinha de feltro, nos torneios internos. Com a mudança, os botonistas são nivelados tecnicamente, e uma "nova ordem" de equilíbrio entre os associados prevalece, com muitos botonistas conquistando títulos. Sílvio Fonseca é eleito mais uma vez presidente e Cláudio Oliveira Jr, um dos fundadores, abandona as mesas (para retornar anos depois).

Torneios:
Nenhum botonista conquista mais de um título no ano, que passa a considerar os campeonatos Metropolitano e Municipal como integrantes do circuito “Grand Slam”, juntamente com as recém criadas copas Caiçara e Ubatuba e a Copa dos Campeões, disputada no fim do ano, somente para os melhores da temporada. O Municipal é disputado por 24 atletas, récorde até hoje não batido.

Ranking:
Edu Macedo Jr termina o ano na liderança, com a menor diferença para o segundo colocado (Ralph Solera) em todos os tempos: apenas 1 ponto de vantagem! Daniel Gusmão, ex-juvenil, surpreende e termina o ano na terceira posição. Edu torna-se o quinto botonista a alcançar a liderança do ranking.

 
 
..:: parceiros ::..